A quantidade de bitcoins que existem depende de vários fatores. A primeira coisa que teremos de clarificar é que o limite máximo de bitcoins (BTC), será sempre de 21 milhões, contudo não estão todas em circulação. Cada vez que um bloco é validado, é libertada uma certa quantidade de bitcoins, que atualmente são 12,5 BTC, que são introduzidas no mercado e dadas aos mineradores como compensação pelo trabalho realizado no bloco.

Devemos também ter em mente, que a cada quatro anos, a quantidade de bitcoins introduzidas no mercado é dividida por dois, num processo automatizado denominado halving. Estima-se que o próximo processo de halving ocorrerá em 20 de maio de 2020.

Atualmente existem pouco mais de 17,8 milhões de bitcoins em circulação, de acordo com o CoinMarketCap, não esquecendo que há 1 milhão de bitcoins numa conta que supostamente é a de Satoshi Nakamoto, e calcula-se ainda que cerca de 3 milhões de bitcoins estão perdidas no tempo. Estas estão perdidos no tempo porque as chaves privadas foram perdidas, as unidades que os continham foram quebradas ou outros problemas deste género.

Por isso, agora existem pouco mais de 17,8 milhões de BTC em contas de diferentes usuários, e os mineiros a cada dez minutos (tempo necessário para validar um bloco) recebem 12,5 BTC de forma equitativa, que podem armazenar, doar para terceiros ou vender no mercado como eles entenderem. O máximo dos 21 milhões de BTC em circulação não será alcançado até o ano 2140, que é quando o último bitcoin deve ser minerado.

Se quiser saber quantas bitcoins existem concretamente em circulação, o site CoinMarketCap além de oferecer parâmetros como o preço ou a evolução do mesmo, também indica quantos estão em circulação.

Este articulo foi util?
Average Scoring: 5
➜ Share the knowledge and promote the decentralized revolution!