Versáteis e úteis para os negociadores, os osciladores são indicadores do mercado de ações criados para nos ajudar a prever e confirmar um movimento específico de um ativo.

Ls ferramentas que utilizamos na análise técnica para conhecer, estudar, prever ou confirmar tendências e o comportamento de um ativo no mercado são conhecidas como osciladores técnicos.

Hoje, os osciladores representam uma das ferramentas mais úteis e versáteis quando se trata de negociação em um mercado organizado ou não organizado. Assim, os osciladores são indicadores do mercado de ações criados para nos ajudar a prever e confirmar um movimento específico de um ativo. Que mostram seus resultados por meio de cálculos matemáticos ou gráficos de barras, que podem ser baseados em análises de preços ou no volume de um determinado título.

Como funciona?

Geralmente, ao usar osciladores, essas ferramentas tendem a analisar variáveis ​​como a volatilidade de um ativo, a velocidade de movimentação dos preços, a força nas posições de compra ou venda. Além das médias móveis dos preços juntamente com os volumes de negociação. Tudo isso para permitir uma interpretação bastante confiável da variação ou evolução do preço de um valor mobiliário.

Os osciladores técnicos podem nos mostrar sinais de alerta precoces ou podem perder movimentos e não mostrar nenhum sinal. Esses instrumentos usam curvas que se movem com base em uma média móvel, indicando assim um aumento ou queda nas tendências.

Geralmente, um oscilador acompanha o preço. Portanto, se um preço subir, o oscilador também aumentará. Ao contrário, o oscilador vai cair quando o preço também cair. Também existe um ponto denominado saturação e ocorre quando uma tendência de alta ou de baixa não para. Ou seja, quando um preço não para de subir ou descer, mas o oscilador chega a um ponto em que para. E embora seu funcionamento seja bastante simples, requer estudos e conhecimentos prévios, principalmente para saber configurá-los adequadamente de acordo com nossos objetivos.

Tipos de osciladores no mercado

Entre os osciladores mais importantes disponíveis no mercado estão:

STK

Indicador de análise técnica que tenta prever a evolução de um mercado a partir da medição da divergência existente entre o preço de fecho e os preços máximos e mínimos do mesmo em períodos definidos.

Commodity Channel Index (CCI)

É um oscilador que mede a força por trás de um movimento de preço e, portanto, define se é uma tendência de alta ou de baixa. Este oscilador define o quão forte é uma tendência comparando um preço atual com um anterior, então ele usa uma média móvel como ponto de referência. Se ele CCI é alto, indica que os preços estão acima da média e que é uma força crescente. enquanto se o CCI estiver baixo, indica que o preço está abaixo da média, o que é uma fraqueza.

Índice de Força Relativa (RSI)

É um oscilador de força relativa que mostra a tendência de um ativo. Indica a força com que um ativo sobe ou desce de preço em um tempo definido. o RSI É um dos indicadores mais importantes em análise técnica, por isso utilizá-lo é muito útil para detectar a subida ou a queda de um título. Ele tem um alto grau de confiabilidade porque os sinais de compra ou venda são exibidos com bastante clareza.

Movendo Average Convergence Divergência (MACD)

MACD É um indicador que estuda a divergência e convergência da média móvel com base no valor de um ativo. Também é muito útil para prever as tendências de alta e baixa de um título, bem como fornecer informações confiáveis ​​sobre a força dessas mudanças.

Ímpeto

Este oscilador nos permite determinar a velocidade de movimento de um preço e, portanto, sua tendência. Ímpeto Mostra-nos a relação entre um preço atual e um certo número de dias atrás. Portanto, é muito importante saber interpretá-lo, pois isso nos fornecerá dados muito úteis e confiáveis. Quando este indicador mostra um nível negativo, ele está nos sinalizando uma tendência de queda; muito pelo contrário, se mostrar um nível positivo. E esses sinais são criados no momento em que o oscilador cruza o nível 0 e na direção em que o cruza. Então basicamente o que esse oscilador nos mostra são as mudanças que ocorreram nos preços de um ativo durante um tempo definido.

Estocástico

Baseia-se na comparação de um preço em relação a uma determinada faixa de preço durante um determinado tempo. Através de este indicador É possível determinar possíveis pontos de reversão, uma vez que gera sinais a partir de convergências e divergências em áreas extremas. Essas convergências ou divergências são formadas por 2 linhas que representam os movimentos de um preço em um tempo definido. Assim, os cruzamentos de ambas as linhas são o que interpretamos como sinais de compra ou venda, que oscilam entre os níveis de 0 e 100.

Faixa verdadeira média (ATR)

El Oscilador ATR Isso nos ajuda a prever a evolução de um título com base na volatilidade de seus preços. Ele revela informações sobre o quão volátil um ativo pode ser, oferecendo assim sinais de compra e venda. Faixas altas indicam alta volatilidade, enquanto faixas baixas indicam menos volatilidade. Quando os valores são mantidos por muito tempo, isso pode indicar estabilidade de preços e consolidação. Que também pode ser interpretado como o ponto de continuação de uma tendência.

Quanto você sabe, cryptonuta?

A Prova de Autoridade atende a um esquema de consenso descentralizado?

FALSO!

A Prova de Autoridade (PoA), ao contrário do PoW, segue um esquema de distribuição centralizada. Isso, juntamente com seu baixo impacto energético, o torna ideal para cadeias de bloqueio privadas.

Utilidade

Os osciladores de mercado são extremamente úteis, a ponto de ajudarem a definir qual estratégia de negociação podemos usar. Embora como com outros indicadores, os osciladores não devem ser usados ​​como uma ferramenta exclusiva. Mas, ao contrário, eles devem ser usados ​​em combinação com outros instrumentos de negociação para tornar a negociação mais eficaz.

Um oscilador nos ajudará a prever e saber qual é o estado real de um valore se pode ser comprado ou não. Também nos dirá se a tendência desse valor nos mercados é de alta, baixa ou neutra. Por sua parte, Os osciladores possuem um alto grau de confiabilidade, embora não devemos esquecer que nas operações de trading não existe uma ferramenta 100% eficaz e eficiente. Mas, em geral, os osciladores nos mostram o estado dos ativos, seu comportamento e suas possíveis tendências.

também Eles são muito úteis e eficazes para determinar certos parâmetros que nos permitem tomar decisões para a negociação diária. Por exemplo, osciladores são aplicados ao preço para medir aspectos como volatilidade ou força do ativo no mercado. São altamente eficientes para operações de curto prazo, mesmo aquelas que ocorrem no mesmo dia. Isso porque eles são atualizados diariamente através da evolução de suas cotações.

Essas ferramentas também podem ser aplicadas em outros mercados financeiros, como criptomoedas, commodities, metais preciosos, moedas e muito mais. Portanto, as oportunidades de negócios que podem ser aproveitadas são muito variadas e não se limitam apenas às operações com o mercado de capitais. Em todos os casos, oferecem eficácia e confiabilidade na hora de fazer um investimento ou venda. Portanto, são válidos para qualquer tipo de operação.