Theta Network (THETA) é um projeto de rede descentralizado focado em streaming de vídeo peer-to-peer (P2P) e usando um blockchain com capacidades smart contracts avançado para criar uma economia de incentivos para fornecer serviços nesta rede de streaming.

EDe certa forma, podemos ver a Theta Network como uma plataforma como o Twitch ou o YouTube, onde os criadores de conteúdo podem se conectar a diferentes dApps para transmitir o conteúdo que desejam. O conteúdo pode ser desde vídeos, filmes, gameplays, até rádio online. Qualquer coisa que possa ser transmitida pode ser adaptada à Theta Network e aproveitar sua rede global de nós.

LOJA REDE THETA

Rede Theta: o que é e vantagens

De certa forma, podemos ver a Theta Network como uma plataforma como Twitch ou YouTube, onde os criadores de conteúdo podem se conectar a diferentes dApps para transmitir o conteúdo que desejam. O conteúdo pode ser desde vídeos, filmes, gameplays, até rádio online. Qualquer coisa que possa ser transmitida pode ser adaptada à Theta Network e aproveitar sua rede global de nós.

A principal vantagem desse modelo é que é muito mais barato fazer streaming pela Theta Network do que usar outras infraestruturas centralizadas. Além disso, o sistema de pagamento de incentivo e armazenamento é totalmente descentralizado, de modo que o dinheiro que você pode gerar a partir dele chega diretamente à sua carteira e a censura de conteúdo é evitada. Ao mesmo tempo, a Theta Network oferece ferramentas para integrar seus serviços em dApps e aplicativos centralizados, com a capacidade de proteger o conteúdo com DRM, se necessário, e até mesmo integrar publicidade para gerar receita.

Por fim, o conteúdo de streaming pode variar em qualidade de acordo com as necessidades. Desde resoluções que variam de 720p (HD), 1080p (Full HD), passando por 2K, 4K e VR/AR em tempo real.  Isso torna a Theta Network uma rede única em termos de recursos de streaming e tudo isso graças ao seu protocolo de transmissão e armazenamento CDN do tipo P2P. Tudo isso mantido pela tokenomics de sua rede blockchain.

Rede estelar

Origem da Rede Theta

O projeto começou sua construção graças ao trabalho de Mitch Liu e Jieyi Long, que iniciaram seus trabalhos em 2017, com a criação do Theta Labs. Liu é uma figura de longa data no mundo dos videogames, conteúdo audiovisual e realidade virtual, além de ser o co-fundador da empresa de publicidade em vídeo Tapjoy, Gameview Studios e Midverse.  Por sua parte, Long tem experiência em automação de design, videogames, realidade virtual e sistemas distribuídos de grande escala.

Embora a equipe por trás do Theta Labs fosse pequena em 2017, tudo isso começou a mudar rapidamente à medida que adicionavam apoiadores corporativos de alto nível. Fundos de investimento como Sony Innovation Fund, Sierra Ventures ou Bertelsann Digital Media Investments decidiram apoiar o desenvolvimento da ideia. Ao mesmo tempo, empresas como Samsung, CAA, Gumi e o próprio Google começaram a apoiar o projeto.

Graças a todo esse esforço, a Theta Labs lançou Mainnet 1.0, a 18 de janeiro de 2018, isto após um período experimental em que foi demonstrada a funcionalidade e estabilidade da rede. No entanto, a Mainnet 1.0 não era uma rede totalmente descentralizada, algo que o próprio Theta Labs havia relatado desde o seu início. O desafio técnico que eles tiveram que enfrentar para uma rede P2P totalmente descentralizada para streaming era muito maior e, portanto, a Mainnet 1.0 foi apenas um primeiro passo nesse caminho.

o círculo do descentralização Não foi fechado até o lançamento do Mainnet 2.0, lançado em 27 de maio de 2020, bem na altura do bloco 5.877.350, do blockchain Theta.  A comunidade considera que o verdadeiro lançamento da Theta Network ocorreu neste momento, pois significou não apenas a descentralização da rede, mas o lançamento da tokenômica e das capacidades da rede.

Atualmente, a rede está em sua Mainnet 3.0 e Mainnet 4.0 ou Metachain, como é conhecida dentro do projeto, está sendo desenvolvida. A versão Mainnet 4.0 ocorrerá em 1º de outubro de 2022 para sua rede de teste e em 1º de dezembro de 2022 para sua versão mainnet. Metachain visa manter toda a funcionalidade de streaming descentralizada da Theta Network, adicionando novas funcionalidades exclusivas destinadas a integrar DeFi, NFTs e Metaverses em sua equação. Dessa forma, a Theta Network pode ser usada para gerar dApps que podem ser integrados a esses espaços e ampliar seu alcance.

Como funciona a Rede Theta?

O funcionamento da Theta Network depende de dois mecanismos: o mecanismo blockchain, responsável por manter o consenso da rede e todas as suas tokenômicas, e o mecanismo de distribuição de conteúdo, responsável por realizar streaming P2P, balanceamento de carga e gerenciar o armazenamento de dados . Ambos os mecanismos têm funções muito diferentes, no entanto, estão intimamente relacionados entre si.

Mecanismo de Blockchain da Rede Theta

Theta Network é uma blockchain de alta velocidade que funciona através de um mecanismo de Prova de Participação (PoS). A intenção de escolher este mecanismo é fornecer uma rede rápida, energeticamente eficiente e segura. Isso é vital porque libera poder computacional que pode ser usado para outras atividades vitais dentro da rede. Este é o esquema que está atualmente em operação na Rede Theta, com sua Mainnet 3.0.

No entanto, a Theta Network também lançará o Mainnet 4.0, um sistema de fragmentação. Graças a este sistema, a escalabilidade e a capacidade de cross-chain do Theta aumentarão consideravelmente. O sistema de sharding é muito semelhante ao desenvolvido no Cosmos, permitindo que as subcadeias enviem mensagens entre si e mantenham um consenso em toda a rede. Da mesma forma, cada subcadeia pode ter seus próprios serviços e mecanismos de distribuição, ajustados às suas necessidades.

chaves para este sistema

As intenções deste sistema são claras:

  1. Torne a Rede Theta rápida e barata de usar. Qualquer transação no blockchain Theta é concluída em média de 2 segundos. Com a chegada do sharding na Mainnet 4.0, a capacidade da rede será ampliada e os custos e velocidades de confirmação serão mantidos.
  2. Permitir que a rede se ajuste às necessidades de novos desenvolvimentos. As necessidades dos dApps DeFi diferem muito dos dApps para VIDEOS ou Metaversos. Nesse sentido, cada fragmento Theta pode ser configurado para oferecer as melhores ferramentas para o uso pretendido.
  3. Mantenha o protocolo de consenso Multi-BFT da rede em execução. Como cada fragmento terá seus próprios recursos, eles devem ter consensos diferentes. Um desafio nesse sentido é manter o Multi-BFT da Theta para conciliar a operação blockchain com a operação P2P do restante de seus serviços.
  4. Aplicar novas tecnologias de criptografia. A chegada dos shards leva a Theta Network a adotar a criptografia do tipo ZKP, especificamente zk-SNARKs para provas criptográficas. Isso permite simplificar testes criptográficos para identificar transações on-chain, controle de armazenamento e uso de recursos de rede P2P e, ao mesmo tempo, facilitar a aplicação de APIs para análise de dados dentro de dApps, protegendo a privacidade dos usuários/criadores de conteúdo durante o Prova de Engajamento (PoE), o teste de exibição e micropagamentos correspondentes.

Operação estratificada da Rede Theta

O mecanismo de blockchain é controlado pelos nós validadores, responsáveis ​​pela produção dos blocos. Esses nós só podem ser instalados em instâncias computacionais com alta velocidade de conexão e poder computacional, devido à velocidade com que a rede Theta opera. Na verdade, os validadores atualmente têm um limite máximo de 31 validadores ativos, com um limite teórico máximo de 100 validadores. Para criar um nó de validação, ele deve ser colocado em tutoramento um total de 200 mil THETA (aprox. $ 704.000 USD) por nó. Por isso, essas instâncias geralmente são administradas por empresas ou grupos que podem levantar essa quantia e, assim, ganhar recompensas de staking por seu trabalho.

O segundo tipo de nós dentro do mecanismo blockchain são os nós guardiões, cuja função é detectar qualquer uso indevido da rede. Embora os validadores produzam os blocos, os guardiões são necessários para sua plena aceitação pela rede. Se um bloco gerado pelos validadores for considerado inválido pelos gatekeepers, seja por algum erro computacional ou manipulação do bloco por um validador malicioso, então o bloco será rejeitado e o validador será avisado com a perda da recompensa e até mesmo com a remoção da rede.

Esse modelo de Guardiões e Validadores serve para manter a descentralização da rede, mantendo uma estrutura operacional de alta velocidade. Os nós guardiões também são nós de staking e sua instalação precisa de pelo menos 1.000 THETA (aprox. $ 3520 USD), para seu trabalho e staking dentro da rede, esses nós também são elegíveis para recompensas de staking.

Por fim, temos os nós Edge, que são a grande maioria dos nós da rede. Esses nós são os que criam a rede P2P responsável por distribuir e armazenar os dados de streaming que os usuários precisam. Por seu trabalho, os nós Edge recebem tokens TFUEL, que podem ser trocados por tokens THETA ou outros tokens de segurança conforme desejarem seus titulares. Para iniciar esses nodes você deve ter pelo menos 10.000 TFUEL para staking, e as recompensas que você receberá serão de acordo com o uso de recursos que seus nodes possuem.

Mecanismo de distribuição P2P da rede Theta

O mecanismo de distribuição P2P da Theta Network é responsável por garantir que tanto criadores de conteúdo, usuários e pontos descentralizados da rede realizem seu trabalho durante a transmissão do conteúdo. Para isso, a Theta Network subdivide sua rede P2P, cada uma com uma função específica e todo esse trabalho é realizado pelos nós Edge.

O objetivo dos nós Edge é simples: servir como CDNs (Content Delivery Networks) descentralizados. CDNs são uma parte essencial da infraestrutura de Internet atual. Por exemplo, aplicativos como YouTube ou Twitter não nos fornecerão a experiência de usuário que eles oferecem, sem a existência de tais infraestruturas. Por outro lado, as CDNs também são um pesadelo, porque, ao serem centralizadas, sua falha coloca esses serviços fora de serviço globalmente. Um bom exemplo disso foi a queda de CDNs como Cloudflare ou Fastly, que acabou afetando usuários em todo o mundo.

No entanto, a Theta Network resolve isso de maneira inteligente. Utilizando protocolos P2P DHT, foi criada uma rede CDN descentralizada, capaz de manter sua operação mesmo com uma queda de 50%. Toda essa CDN recai sobre o trabalho dos nós Edge, que têm as seguintes funções:

  1. Receba conteúdo de criadores de conteúdo, processe-o, encaminhe-o e direcione-o aos usuários. Ou seja, os nós Edge podem pegar a saída de algum streamer (por exemplo, um usuário do Twitch que também está transmitindo em Theta), processar essa saída e encontrar a melhor rota para servi-la aos usuários que consomem seu conteúdo.
  2. Mantenha e armazene dados que permitem a transmissão mais rápida de conteúdo em diferentes partes do mundo. Isso significa que os nós Edge são capazes de criar caches que reagem de forma inteligente ao conteúdo consumido nas regiões onde estão localizados. A ideia disso é agilizar o acesso ao referido conteúdo, reduzindo latência, custos computacionais e largura de banda, enquanto o download e upload de dados na rede aumenta.

Levando em consideração o papel que os nós Edge desempenham no mecanismo de distribuição, entende-se como eles geram valor e por que são tão importantes no ecossistema. Na verdade, essa é principalmente a razão pela qual os nós Edge cresceram exponencialmente nos últimos dois anos, pois sua tokenômica os beneficia por seu trabalho.

Rede estelar

Token THETA e TFUEL, a tokenômica da Rede Theta

A Theta Network criou uma tokenômica que se baseia em dois tokens: THETA e TFUEL. O primeiro é ele token nativo da plataforma e é utilizado para pagamento de comissões, staking de recompensas, implantação e interação de dApps e contratos inteligentes, montagem de nós validadores e guardiões, além de ser o token de governança do projeto. Se você deseja transmitir valor usando a Rede Theta, o token THETA é o meio para isso.

A existência de tokens THETA está limitada a um bilhão de tokens, que já estão distribuídos na rede. Isso significa que qualquer afetação no valor do token afeta completamente a avaliação de Mercado da Rede Teta. Na verdade, no momento da redação deste artigo, o token THETA vale US$ 3,37, o que significa uma capitalização de US$ 3,37 bilhões para a Theta Network.

Por sua vez, o token TFUEL é um token utilitário que é usado para entregar recompensas a usuários e consumidores de conteúdo, bem como para a instalação de nós Edge. TFUEL é usado como um sistema de gás dentro da rede Theta, então o token TFUEL é usado em todas as operações dentro da rede. No entanto, a principal razão para a existência do token TFUEL é fornecer um meio altamente líquido de operar dentro da rede. Portanto, há um total de 5.232.675.200 tokens TFUEL que podem ser usados.

Casos de uso reais da rede Theta

A Theta Network demonstrou o uso real e concreto de sua rede, fornecendo acesso aos serviços que promete. Uma das implementações mais importantes do Theta está nas mãos da Samsung, que tem usado a rede Theta para distribuir conteúdo de qualidade em seus smartphones no mercado asiático. Isso permitiu que a empresa alcançasse mais de 100 milhões de usuários que podem acessar conteúdo exclusivo servido na Theta Network. Além desse esforço, a Samsung também participou da criação de NFTs exclusivos usando os recursos da Theta Network.

A Sony, outra grande empresa da Theta Network, vem estudando a possibilidade de integrar os serviços da rede com sua PlayStation Network, para oferecer aos jogadores uma opção de streaming de conteúdo altamente integrada na plataforma. Um esforço envolvendo Sony, Littlstar e Theta.tv.

Theta.tv, por outro lado, é um dos aplicativos mais usados ​​dentro da Theta Network. Com múltiplos canais de altíssima qualidade e produção, canais dedicados a diferentes hobbies e tecnologias, e a capacidade de transmitir com muita facilidade, sem abrir mão da capacidade de gerar renda na tokenômica da Theta Network, Theta.tv é uma forte demonstração da capacidade de Theta Network como uma rede de distribuição de conteúdo descentralizada.

Rede estelar
COMPRE EWT NO BIT2ME

Links de interesse

Site Oficial

Rede Theta

WHITE PAPERS / EBOOKS

Rede Theta

WHITE PAPERS / EBOOKS

Vá para o white paper

Twitter oficial

Rede Theta

Discord Channel

Rede Theta

Discord Channel

Vá para o canal Discord